Pastores evangélicos gays poderão dividir as casas paroquiais com seus parceiros

Pastores evangélicos gays poderão dividir as casas paroquiais com seus parceiros na região da Bavária, na Alemanha. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (25) em uma reunião dos líderes da Igreja Evangélica Alemã (EKD) local.

O sínodo da EKD, a mais importante federação protestante da Alemanha, que reúne 22 igrejas luteranas e calvinistas, aprovou a medida com 98 votos a favor, cinco contra e cinco abstenções.

Segundo o bispo Johannes Friedrich, a EKD seguiu a recomendação de uma decisão anterior, do Conselho Evangélico da Baviera.

A partir de agora, os pastores homossexuais e as pastoras lésbicas poderão solicitar permissão à Igreja Evangélica para dividir as casas paroquiais com seus respectivos companheiros e companheiras.

A hierarquia eclesiástica decidirá cada caso individualmente, analisando se a convivência comum não afetará o trabalho pastoral do sacerdote.

A Igreja Evangélica Alemã deixa nas mãos das igrejas regionais a decisão sobre a convivência dos casais homossexuais, por isso a regra varia entre as regiões da Alemanha.

O caso da Baviera é especialmente chamativo, porque é considerada a região mais conservadora da Alemanha. Atualmente, o país conta com mais de 24 milhões fiéis evangélicos.

Fonte: ClickPB
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News