China: 20 membros da igreja protestante detidos

Pelo menos 20 membros da igreja protestante chinesa foram detidos quando se preparavam para levar a cabo as cerimónias pascais na rua, depois de o regime os ter despejado do edifício que ocupavam na zona noroeste de Pequim.

À chegada ao local das cerimónias, os membros da igreja de Shouwang depararam-se com um forte aparato policial, tendo as pessoas suspeitas de pertencerem à igreja sido encaminhadas para autocarros e transportadas para várias esquadras da polícia.



O acesso ao local da manifestação foi vedado, de forma que os jornalistas não se pudessem aproximar, mas a imprensa relatou que ninguém ofereceu resistência.

Jin Tianming, um dos líderes da congregação que se encontra em prisão domiciliária, disse por telefone à AFP ter sido informado de 20 a 30 detenções. Jin foi condenado no início de Abril, juntamente com outros 12 dirigentes, sob suspeitas de dissidência política, segundo as autoridades.

Nos últimos dias, o regime chinês voltou a apertar as restrições sobre as igrejas que funcionam em edifícios residenciais e comerciais. Sábado, o pastor Zhang Mingxuan, que preside à Aliança das Igrejas Residenciais da China, foi detido em Pequim. Já em Guangzhou, duas missas de Páscoa foram proibidas. Em Hohhot, no norte da China, dezenas de líderes cristãos foram presos.



Fonte: A Bola
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News