EUA: Igreja Presbiteriana poderá ter pastores gays e lésbicas

Mais de 30 anos de debates culminaram terça-feira com a ratificação de uma medida que permite a ordenação de pastores gays e lésbicas e líderes leigos, dando aos órgãos regionais liberdade sobre a questão.

A Igreja Presbiteriana dos EUA torna-se assim a quarta igreja principal protestante a permitir a ordenação de pessoas abertamente homossexuais, seguindo os Episcopais e as igrejas Evangélica Luterana e a Igreja Unida de Cristo.

A mudança já tinha sido aprovada no ano passado pelo corpo diretivo da Igreja. Mas a alteração ainda tinha de ser ratificada por uma maioria das 173 organizações regionais, os presbíteros.



Esta terça-feira foi realizada uma reunião em St. Louis Park, Minnesota, um subúrbio de Minneapolis, onde a medida foi votada com 205 votos a favor e 56 contra, tornando-se a 87ª estrutura regional a votar sim. Cerca de 90 minutos depois, o Presbitério do Pacífico, que representam partes do Sul da Califórnia e a região do Hawai, juntou-se à medida, votando a favor com 102 contra 60.

Esta já é a quarta vez que esta questão é votada na Igreja Presbiteriana dos EUA, e diversos presbitérios em zonas consideradas conservadoras mudaram sentido de voto nos últimos anos.

A Presbyterian Church (U.S.A.) reúne mais de 2 milhões de fiéis.



Fonte: Portugalgay
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News