EUA: Velhinha é acusada de agressão após beijar pastor homofóbico em Parada Gay

No último dia 25, o pastor evangélico James Edward Belcher, 49, fazia uma pregação com a Bíblia na mão e prometia o inferno aos gays na Parada de Salisbury, na Carolina do Norte, Estados Unidos, quando ganhou um beijo na bochecha de Joan Parker, de 74 anos de idade.

Joan decidiu dar ao homem um combo de abraço e beijo para que ele se acalmasse. Mas o pastor parece que não gostou do gesto de carinho heterossexual e resolveu processar a senhora. Ele afirmou que ela correu com os braços abertos e o agarrou, puxando o contra ela. E disse ainda que ela tentou beijar sua boca e que se ele não tivesse virado o rosto, ela teria conseguido. Ela nega.


Apesar da reclamação estranha, a policia recebeu a queixa e afirma que o homem quer mesmo que a mulher responda pelo abraço que não era desejado. Segundo Belcher, se ele tentasse agarrar uma mulher a força, ela também poderia processá-lo. Joan, que é apoiadora dos gays mas é heterossexual, responderá por agressão e terá que ir ao tribunal no dia de 12 de setembro para a primeira audiência. Se condenada, terá que prestar 30 dias de serviços comunitários.

Fonte: Revista Lado A
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News