Aflita, família evangélica procura adolescente há quatro dias

Emily Pereira enviou mensagem ‘fazendo prova’ para sua mãe e desapareceu em seguida
Desesperados, familiares da estudante Emily da Silva Pereira, 16 anos, procuraram a Gazetaweb, na noite desta segunda-feira (30), na tentativa de descobrir o paradeiro da jovem, que não dá notícias aos seus há quatro dias. Os parentes alegam não saber o motivo do desaparecimento, visto que a adolescente jamais causou problema ou queixou-se de algum fato. 
A mãe de Emily, Fabiana da Silva, relatou que a filha saiu de casa, situada no conjunto Virgem dos Pobres I, no Vergel do Lago, na tarde da última quinta-feira (26), e dirigiu-se ao terminal de ônibus – juntamente com seus dois irmãos – para ir, como de costume, à Escola Estadual Tavares Bastos, no Farol, onde se submeteria a uma prova. Como o ônibus estava cheio, a garota recusou-se a ir nele e disse que esperaria por outro. Horas depois, Fabiana ligou para a menina e não obteve resposta, porém, recebeu uma mensagem, às 14h31, com os dizeres ‘fazendo prova’, o que a tranquilizou. 
“Minha filha mandou a mensagem de outro celular, mas até aí tudo bem. Quando deu quatro horas da tarde, os irmãos chegaram e disseram que a menina não tinha ido ao colégio; aí comecei a ligar para as amigas dela e nada. Já na sexta, fomos fazer o Boletim de Ocorrência [BO] na Central de Polícia e nos orientaram a ir para a Delegacia de Crimes contra a Criança e o Adolescente [DCCA], mas preferi aguardar um pouco e, hoje, fui lá e fiz todo o procedimento”, explicou Fabiana, acrescentando que já ligou, inúmeras vezes, para o celular da filha, bem como o telefone que enviou a mensagem, mas sem sucesso.
 'Somos evangélicos’

A mãe da jovem garante desconhecer as causas que cercam o sumiço, uma vez que Emily Pereira é evangélica, não possui namorado e jamais envolvera-se com drogas. “Realmente não sei o que dizer, porque minha menina era tranquila e todos gostavam dela. Esse deparecimento é estranho, mas, com fé em Deus, ela será encontrada”, frisou Fabiana ao comentar que não chegara a procurar pela menor em hospitais e no Instituto Médico Legal (IML), pois “acredita que ela está viva”. 

Quem obtiver informações acerca do paradeiro de Emily da Silva Pereira pode entrar em contato através do telefone (82) 3346-4090.
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News