Familiares e amigos despedem-se de bispo e esposa assassinados

O velório do bispo e líder nacional da Igreja Anglicana Edward Robinson de Barros Cavalcanti, 67, e da esposa dele, a professora aposentada Mirian Nunes Machado Cotias Cavalcanti, 64, começou esta manhã com a presença de poucas pessoas na Paróquia Anglicana Emanuel, na Praça Dantas Barreto, bairro do Farol, em Olinda.
Amigos e parentes do casal estão no templo, realizando orações silenciosas e consolando-se mutuamente. No local, o bispo João Peixoto, lembrou que foi o último a abraçar o amigo ao final do culto celebrado naquele mesmo templo na noite do domingo passado, horas antes do crime. Bastante emociondo, o religioso disse que o bispo estava feliz com a volta do filho, que está sendo apontado como suspeito de cometer os assassinatos.

O familiar mais próximo presente no templo é o irmão da professsora Mirian, Roberto Nunes, de 71 anos, disse desconhecer problemas com o sobrinho: “A família não sabia dos problemas de Eduardo. Foi uma surpresa. Sabíamos que ele tinha voltdado alterado dos Estados Unidos, mas não sabíamos do envolvimento com drogas”.
Amanhã à tarde, às 14 h, na mema paróquia, acontece a celebração fúnebre. No mesmo dia, às 16h30, os corpos serão sepultados no Cemitério Morada da Paz, no Paulista.
Crime- O casal foi assassinado na noite do domingo passado na casa da família, no bairro de Jardim Fragoso, em Olinda. Para a polícia, os crimes foram praticados pelo filho Eduardo Olímpio Cotias Cavalcanti, de 29 anos, num crime premeditado.
Aos 16 anos, Eduardo foi enviado para a casa de uma tia nos Estados Unidos,segundo familiares para que não abandonasse os estudos. Nos EUA, o rapaz deixou a casa da tia, abandonou os estudos e sucumbiu às drogas. Em 13 anos, engravidou ao menos três mulheres. Envolveu-se em crimes. No início do mês, depois de apelar ao pai, voltou para o Brasil. Passou o carnaval numa praia de Alagoas. Na quinta-feira passada voltou para casa, em Jardim Fragoso, Olinda. Durante os três dias que se passaram até a tragédia, permaneceu falando pouco, mas com aparência agressiva.

Fonte: Diário de Pernambuco
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News