Pastor é morto por latrocidas no bairro Mapim

O teólogo Joel Costa Nunes, de 33 anos, foi executado anteontem com quatro tiros nas costas durante um assalto no bairro Mapim, em Várzea Grande. Testemunhas disseram que dois homens numa outra moto se aproximaram para roubar sua Honda, mas ele reagiu. 

Baleado, ele ainda caminhou cerca de 100 metros até cair morto. Os bandidos fugiram sem levar a moto, abandonada próximo do corpo da vítima. 

O latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu, por volta das 21 horas, quando ele saía de sua residência em direção à igreja Assembléia de Deus, onde é pastor.


Policiais que atenderam a ocorrência informaram que Nunes havia saído de um culto, no bairro Terra Nova, próximo de onde reside e havia deixado a esposa em sua casa. 

Os policiais acrescentam que ele tinha a intenção de retornar para a igreja e levar algumas bíblias e, quando ligou sua motocicleta, foi abordado pelos assaltantes. “Ele (Joel) deve ter reagido e, por isso, os bandidos atiraram, mas não levaram a moto”, observou um policial que esteve no local. 

Segundo policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com a tentativa de roubo o crime ficou caracterizado como latrocínio. O delegado João Alencar deverá ouvir testemunhas para confirmar a tentativa de roubo. Com isso, deverá transferir as investigações para a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA). 

Segundo os policiais, além de teólogo, Nunes era formado em história e pastor da igreja evangélica que frequentava. 

Ele trabalhava também como gerente da Gramarca Veículos, em Várzea Grande. (AR) 
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News