Bancada evangélica quer barrar venda de bebida alcoólica nos estádios da Copa

A venda de bebida alcoólica nos estádios na Copa do Mundo é uma exigência da Fifa, e a entidade está conseguindo dobrar o governo federal, o Congresso e a lei brasileira. A Lei Geral da Copa atende à vontade da entidade.

O Ministério Público, que resiste e tenta barrar na Justiça esta liberação, pode ganhar um apoio político nessa disputa: segundo informa Ilimar Franco, de O Globo, há um movimento das bancadas religiosas para derrubar, no plenário da Câmara Federal, a permissão para venda de bebida alcoólica nos estádios durante a Copa. Argumentam que, para os patrocionadores, basta a publicidade nos jogos.

A Fifa não pensa assim, a imagem de torcedores bebendo nos estádios é uma publicidade estratégica da indústria de bebida, parceira preferencial da entidade nas competições pelo mundo, principalmente na Europa.

A coisa caminha para uma solução ao “jeitinho brasileiro”: aprovando, apesar da declarada resistência dos parlamentares evangélicos, uma legislação que libere a venda de bebida alcoólica, mas os torcedores só poderão consumir em locais específicos das arenas, os chamados bebódromos.

Fonte: O Nortão
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News