Pastor baleado na Avenida Brasil morre em hospital

Rio - O pastor Edvaldo Dias Pereira, baleado durante uma troca de tiros em policiais militares e bandidos na Estrada João Paulo, no acesso de Honório Gurgel para a Avenida Brasil, morreu na tarde desta segunda-feira no Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, Zona Norte do Rio. Ele estava em uma caminhonete quando foi atingido na cabeça.

A menina Emily Vitória Ramirez, de 9 anos, passa bem após cirurgia na unidade. Ela levou um tiro nas costas. A mãe da criança, Aparecida Ramirez, afirmou que a filha esstá melhor. "Ela passou pela cirurgia e está no CTI. Os médicos contaram que o tiro perfurou parte do baço, mas graças a Deus ela está bem. Agora vamos esperar", afirmou Aparecida.

Dois bandidos feridos no confronto foram identificados como Gilmar Alves dos Santos Junior, 25 anos, e Carlos Maurício Amaral, 42, foram capturados. Eles foram encaminhados para a 22ª DP (Penha), que investiga o caso.

Também foram presos Thiago Santos Marmelo, 26 anos, Adriano Luiz Nascimento, 24 anos (que tem um mandado de prisão por roubo) e Raphael Neves Moreira, 27 anos, que ainda está internado no Carlos Chagas. Ele vai ficar paraplégico. Um outro criminoso ainda não identificado foi morto no confronto.

Terceiro-sargento da PM, Cristiano Calheiros Borges faleceu, e um cabo está hospitalizado.

PM morreu durante confronto

De acordo com PMs, bandidos em um Honda Fit passavam pela via quando avistaram uma viatura do 41º BPM (Irajá) e realizaram uma manobra de retorno, para tentar escapar. Os PMs perseguiram o veículo. Policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) viram a movimentação e ajudaram a fechar o cerco.
Armas de suspeitos foram recolhidas | Foto: Estefan Radovicz / Agência O Dia

Houve intensa troca de tiros, o sargento Calheiros, do 9º BPM, foi atingido e morreu no local, assim como dois suspeitos. O cabo Coelho acabou ferido no braço. PMs suspeitam que o grupo havia roubado horas antes uma carga de cigarros em Vaz Lobo, a cerca de 10km do local do crime. 

Cinco suspeitos de participação no crime já foram presos. PMs buscam mais um acusado de participação no crime na Vila São José, próximo ao local onde ocorreu o tiroteio. Segundo testemunhas, ele está armado com um fuzil.

Fonte: O Dia
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News