Adolescente de 17 anos é assassinada dentro de igreja evangélica em Contagem

Uma adolescente de 17 anos foi assassinada, na noite desse domingo (19), enquanto participava de um culto em uma igreja evangélica, no bairro Industrial, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Testemunhas contaram à Polícia Militar (PM) que Thaís Deodoro Maia louvava a Deus no altar da Igreja Evangélica da Unicidade e que, quando terminou de cantar, dirigiu-se ao lado de fora da igreja para beber água. Ainda no bebedouro, ela teria visto um homem que não frequentava os cultos na igreja. Assustada, ela teria gritado e retornado para dentro do templo.

Jonas Moreira de Carvalho, de 40 anos, perseguiu a jovem e, dentro da igreja, e sacou uma arma. Próximo ao altar, membros da igreja o cercaram e o seguraram. Carvalho disparou duas vezes contra o teto, e os homens o soltaram. Livre, ele teria continuado a correr atrás de Thaís, que caiu perto de uma porta e foi alcançada pelo homem. Ele atirou três vezes contra a adolescente. Dois tiros atingiram a região do pescoço e um, o ouvido. A moça morreu na hora, e Carvalho fugiu a pé.

No local, a PM descobriu, em conversa com testemunhas, que o atirador era membro de uma igreja do bairro vizinho, o Jardim Industrial. Com essa informação, os militares foram até a Casa de Oração Betel. Um dos membros dessa igreja evangélica, após ser informado da morte da jovem, disse à PM que Carvalho era membro da Casa e que ele teria se afastado da igreja depois que sua mulher terminou o relacionamento ao descobrir que ele estava se envolvendo com uma adolescente. O homem conseguiu uma foto do suspeito em uma rede social, e a secretaria da Casa passou dados pessoais de Carvalho para a polícia.

Familiares da vítima e testemunhas reconheceram Carvalho como o atirador. Os pais da menina confirmaram que Thaís mantinha um relacionamento com Carvalho e que eles eram contra. A reprovação da família teria feito com o que o homem ameaçasse a jovem. O casal ainda afirmou que o suspeito já tinha sido professor de violão e teclado da adolescente.

Thaís cursava o 1º período de direito e tinha o sonho de montar um escritório com o pai.

Prisão

Durante o registro da ocorrência, a PM recebeu informação de que tiros teriam sido disparados em Ribeirão das Neves, na região metropolitana. No bairro Jardim Colonial, a polícia prendeu Jonas Carvalho, que havia tentado matar um homem.

Carvalho disparou contra Vilmar Nobre do Nascimento, de 41 anos, para se vingar, já que acredita que ele teria estuprado sua filha no passado. Nascimento ficou ferido na virilha e foi socorrido por familiares para o Hospital Municipal de Contagem, depois de tomar a arma de Carvalho.

Antes de ser pego pela polícia, Carvalho também planejava matar Edson Fernandes da Silva, de 28 anos, que atualmente é companheiro de sua ex-mulher.

O suspeito afirmou à PM que, depois de cometer os crimes, iria se matar. O revólver calibre 38 e o Gol cinza do atirador foram apreendidos. Os crimes foram registrados na Delegacia de Plantão de Ribeirão das Neves.

Fonte: O Tempo
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News