Esposa de pastor acusado de estupro grava vídeo defendendo-o das acusações que circulam na mídia


Um vídeo gravado por Ana Madureira da Silva, esposa do pastor Marcos Pereira, acusado de estuprar seis membros de sua igreja, foi divulgado na internet no início da última semana, (8), assim que Marcos teve sua prisão preventiva decretada. No material a esposa faz declarações defendendo o marido de todas as acusações que a mídia tem publicado.

Ana afirma que está extremamente aborrecida com as notícias que estão sendo divulgadas, inclusive falando que ela mesma teria sido uma das vítimas estupradas pelo pastor. "Eu quero dizer que isso é mentira e eu já estou cansada desta galhofada da mídia," declarou ela.

Durante a gravação a esposa disse que dona Zenaide, uma das vítimas de acusação contra o evangelista, chegou em sua casa muito jovem e saiu de lá casada, inclusive com filhos. De acordo com ela, ao fazer declarações de abuso sexual contra Marcos, Zenaide não informou para a mídia quanto tempo levou isso, pois a mesma chegou à igreja quase criança. "Se ela disse que meu marido abusou sexualmente dela desde que ela entrou até que ela saiu, ela está se declarando uma prostituta. Eu também sou mulher, eu também já fui jovem e se acontecesse uma coisa dessas eu sairia correndo de lá, " afirma ela. 

Além deste caso isolado, Ana também cita as acusações feitas pelo coordenador da ONG AfroReggae, José Júnior, que acusa Marcos de um suposto envolvimento com o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. "Meu marido está orando para Jesus salvar ele e eu estou pedindo para ele a justiça de Deus. Ele disse que se ele aparecesse morto a primeira suspeita seria meu marido. Eu quero dizer que a recíproca é a mesma," afirma. 

Ao fim do vídeo a esposa reafirma, "meu marido não me estuprou. Eu já estou cheia dessa galhofada da imprensa." Ela diz que já prestou depoimento na delegacia em que Marcos está preso. Segundo ela, sua declaração teve uma duração de 2h30 esclarecendo o caso. "Eu entrego vocês nas mãos de Deus, e seja feita a justiça de Deus," declara ela se referindo as acusações que estão circulando nos veículos de comunicação contra o pastor.

Entenda o caso

Marcos Pereira é pastor na igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, ele responde por abuso sexual, lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. Marcos teve sua prisão preventiva decretada e foi preso no último dia 7 de maio, na rodovia Presidente Dutra, quando saia de sua igreja e se dirigia ao seu apartamento em Copacabana. 

Segundo o delegado Márcio Mendonça, titular da DCOD (Delegacia de Combate às Drogas),o pastor fazia orgias com homens, mulheres e menores dentro de uma igreja. De acordo com as vítimas, o pastor alegava que as pessoas estavam possuídas por demônios e por isso precisavam ter relações sexuais com ele, que era uma pessoa "santa".

Fonte: DM
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News