Menor suspeito de atirar em pastor há 2 meses é apreendido pela polícia

A Polícia Civil de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) apreendeu na noite de ontem, no Jardim Jandaia, o segundo adolescente suspeito de participação no assassinato do pastor Newton Cesar Reyde, 45, em 12 de março. O outro adolescente envolvido foi detido dois dias após o homicídio. 
O evangélico foi baleado em março, após um menor roubar seu celular em uma padaria de Ribeirão. 
Segundo o delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) Paulo Henrique Martins de Castro, o menor localizado recentemente assumiu os disparos. Ele alegou que se assustou ao ver o pastor correndo na direção dos assaltantes. 
Castro afirmou que já havia pedido a apreensão do adolescente pouco tempo após o crime. 
Na noite de ontem, ele foi visto nos arredores do Jardim Jandaia. Ao delegado, o menor teria dito que não havia se apresentado antes por medo de sofrer represálias. O adolescente foi levado para a Fundação Casa, onde aguarda a determinação da medida socioeducativa que vai cumprir. 
O outro menor foi apreendido dois dias depois do ocorrido em uma casa no bairro Avelino Alves Palma. 
Na ocasião, ele disse à reportagem que saiu de casa com o amigo já com intenção de cometer o assalto. Eles foram até a praça Santo Antônio, nos Campos Elíseos, de onde analisaram a padaria. 
No roubo, os adolescentes levaram R$ 260 do caixa, uma aliança e um relógio de clientes. Um deles viu o pastor Reyde falando ao celular e tomou o aparelho da mão dele. 
O evangélico o perseguiu e foi atingido. 
A morte do pastor levou a uma manifestação pacífica em Ribeirão no dia 16 de março. Cerca de 1.500 fiéis marcharam do parque Luiz Roberto Jábali - o Curupira - até a esplanada do Theatro Pedro 2º pedindo paz. 

Fonte: Diário de Guarapuava
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News