Polêmico, clipe “Filho Meu” de Thalles Roberto atrai milhares de visualizações e críticas

Thalles Roberto, um dos nomes do meio gospel com maior exposição na mídia atualmente, atraiu olhares, elogios e críticas ao lançar o clipe “Filho Meu”.

A música, que faz parte do repertório de seu novo CD, “Sejam Cheios do Espírito Santo”, fala sobre uma pessoa afastada do Evangelho, e traz uma conversação entre este personagem e Deus.

O fato de a letra falar em Deus na primeira pessoa, e supor que o próprio Deus estaria disposto a oferecer de volta promessas que teriam sido suspensas fez muitos internautas protestarem contra o conteúdo.

Alheio às críticas, Thalles escreveu em sua fanpage no Facebook que o clipe era uma ferramenta de evangelismo: “Esse clipe está mergulhado na unção do Espírito Santo. Milhares de vidas serão salvas através do que Deus vai fazer. Deus vai salvar uma multidão. Compartilhem o vídeo e me ajudem a anunciar o Evangelho do Reino”, disse o cantor Thalles Roberto, que também é pastor.

Enquanto o Deus retratado pela música conversa com o filho afastado, este tenta acender um cigarro e tomar um copo de cerveja. Ambos os personagens são interpretados pelo próprio Thalles Roberto.

Antognoni MIsael, blogueiro do Arte de Chocar, criticou a letra da música e o princípio usado na composição, dizendo que a fundamentação teológica era inadequada.

“Volta e meia Thalles Roberto aparece nas minhas postagens. Já tava demorando… Sei que muitos até duvidam, mas, eu o ouço e gosto de algumas de suas canções – ouvi-lo cantar clássicos das músicas cristãs no álbum Raízes (2010) não tem igual – o problema é que por estar onde estar, talvez por ter sido mal discipulado, ele acaba por merecer algumas considerações [...]O que tem me chamado atenção agora é o recente vídeo lançado pela Graça Music ‘Filho Meu’ cujo Thalles fala na primeira pessoa demonstrando uma tentativa do próprio Deus de se relacionar com um suposto filho, porém ainda não convertido. Não julgo a intenção da música, pode até ter sido boa, mas, sinceramente tanto ela quanto o vídeo foram (para mim) de uma péssima fundamentação teológica, pobreza musical e de uma desqualificação da soberania e onipotência de ‘Deus’ nunca vista antes”, escreveu o blogueiro, que é presbiteriano.

Já o pastor Renato Vargens, também blogueiro, publicou em sua página no Facebook e em seu blog, uma severa crítica à música e ao meio gospel em geral: “Prefiro pensar que o cantor Thalles Roberto escreve letras pobres e desprovida de boa teologia por ignorância e não por manipulação religiosa. Sinceramente a letra da música ‘Filho meu’ é uma das mais heréticas que tive oportunidade de ouvir nos últimos meses. Ora, desde quando Deus corre atrás, oferece promessa arquivada, leva porta na cara e chora? Complicado não é verdade? Até quando a igreja brasileira continuará consumindo lixo?”, questionou o pastor.

Entre os internautas, os que comentaram o vídeo diretamente no canal do cantor no Youtube se dividiram entre críticas e elogios.

Rodrigo Antunes escreveu sua crítica ressaltando o princípio de amor do Evangelho: “Sou evangélico praticante. Mas realmente está horrível este trabalho (opinião). Se colocar como se Deus estivesse falando. ‘Eu acho que paguei um preço alto demais’. Você acredita de verdade que Deus pensa assim? E Deus nunca ficaria jogando as coisas na nossa cara, Deus é amor, não imposição ou raiva, como demonstra o vídeo”, posicionou-se.

Já Maria Edvirgem manifestou apoio à iniciativa de Thalles Roberto de mostrar o Evangelho de uma forma incomum: “Por quê tantas criticas? Thalles Roberto nessa canção não disse nenhuma mentira; tem muita gente por aí que escarnece o sacrifício da cruz! Muita gente que acha que tem Deus porque vai 1 ou 2 dias da semana para a igreja. E os outros dias colocam Deus de lado, ficando assim sujeitos as armadilhas de satanás; e no fim colocam a culpa de suas mazelas em Deus. Oremos. Thalles é um homem de Deus!”, defendeu.

Thalles, em sua página oficial no Facebook, aproveitou a repercussão para mostrar os números alcançados pelo clipe: “O video Filho Meu teve 602.883 visualizações em 6 dias. Impressionante. Você já viu? [...] Um milhão rapidim! Vamos ganhar o planeta pra Cristo. Compartilhem”.

Fonte: Gospel+
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News