Rodovalho critica políticos que só procuram evangélicos nas eleições

O bispo Robson Rodovalho, líder da Igreja Sara Nossa Terra, escreveu um artigo para o jornal Folha de São Paulo criticando os políticos que só procuram os evangélicos em época de eleição e depois passa a desprezá-los.

Rodovalho cita o crescimento do público evangélico no Brasil que de acordo com o Censo 2010 já passa de 40 milhões de pessoas. Apesar dessa quantidade significativa, mais de 20% da população brasileira, os políticos e a imprensa destratam esse segmento chegando a discriminá-los.

O tratamento “diferenciado” da mídia se dá quando noticiam que os políticos estão se aproximando dos evangélicos sem reconhecer que a quantidade de eleitores dentro desse grupo da população é tão significativa que pode mudar os rumos das eleições.

“Os posicionamentos dos candidatos em relação a temas como aborto e união civil de pessoas do mesmo sexo foram os mais observados pelos eleitores na hora de decidir o voto em 2010″, lembra Rodovalho.

O bispo da Sara Nossa Terra não esqueceu de que muitos desses políticos que pedem espaços nos púlpitos de todo o país se esquecem dos evangélicos assim que a eleições acabam.

“Os evangélicos, por somarem um número expressivo de eleitores, capaz de decidir qualquer pleito no Brasil, ganham os holofotes com sua fé reduzida a propósitos eleitoreiros. Tornam-se a noiva almejada para ir às urnas. Porém, passado o pleito, são tratados como a amante inconveniente a ser ignorada.”

Contudo, Robson Rodovalho comenta que os evangélicos estão amadurecendo politicamente e percebem esses interesses. O bispo nota que hoje os evangélicos “têm mais clareza sobre a importância do seu voto” e que assim passarão a decidir levando em consideração a defesa da vida e da família.

fonte: Gospel Prime
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News