Falso pastor e advogado é preso na cidade de Uruará, PA

Um homem que seria nomeado pastor foi preso no início desta semana na cidade de Uruará, no sudoeste do Pará. Na verdade, ele é considerado foragido da Justiça de Santarém e tem dois mandados de prisão preventiva.

A polícia foi alertada por membros da igreja evangélica sobre as atitudes suspeitas do homem, que se apresentava com o nome falso de Alexandre Campos. O suspeito estava há oito dias na cidade e estava hospedado em um hotel com a mulher, de 19 anos.

Em Uruará, ele se apresentava dizendo que era parente de pessoas influentes do cenário político e da justiça paraense. "Com muito papo, ele pegou o processo criminal de dois irmãos acusados de assassinato para defendê-los como seu advogado. E havia tentado tirar dinheiro da família dos irmãos. Na primeira vez, exigiu o pagamento de 10 mil reais e numa segunda tentativa pediu 5 mil reais, para fazer a defesa, mas sem sucesso", explica o delegado Godofredo Borges.

O suspeito foi surpreendido pelos policiais no final da madrugada quando se preparava para ir à igreja. Ao checar no sistema de informações, os policiais descobriram que o falso pastor já havia cumprido 10 anos de prisão e que já tem várias passagens pela polícia por violência doméstica, cárcere privado e estelionato.

Fonte: G1
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News