Malafaia Defende que Cristãos não votem no PT

"Segundo o Site Brasil247" Pastor da igreja evangélica Assembleia de Deus faz campanha contra os petistas, afirmando que eles são favoráveis ao aborto ("fizeram força para aprovar essa miséria"), chama de "aberração" a inclusão dos homossexuais, também defendida por parlamentares do partido, e discursa contra o casamento de pessoas do mesmo sexo; "Essa nojeira", define; Silas Malafaia defende que sejam apoiados os valores cristãos também nas eleições; "Você quer me convencer que Marx vale mais do que Jesus?", questiona

247 – A dois meses das eleições, o pastor evangélico Silas Malafaia fez um discurso direcionado aos cristãos para que eles não votem no governo do PT. Os motivos são vários. Entre eles, a importância de se defender os "valores cristãos" também no campo político.

"Que conversa é essa de que quando nós apoiamos valores cristãos é religião? Quer dizer que você quer me convencer que Marx vale mais do que Jesus? Porque esquerdistas, socialistas, comunistas apoiam a ideologia de Marx, que está falida. A de Jesus está aí até hoje", prega Malafaia.

O pastor presidente da Assembleia de Deus lembra que apoiou e votou no ex-presidente Lula em 2002 e em 2006, mas diz que agora não irá mais dar seu voto ao PT. Segundo ele, os petistas procuram os evangélicos no período das eleições, mas depois passam os quatro anos do mandato batendo nos valores defendidos por esse grupo.

Malafaia diz já ter "presenciado" no Congresso o PT lutando para aprovar o aborto. "[Eu presenciei] toda a bancada do PT fazendo a maior força para aprovar essa miséria", disse. Ele disse ainda que o partido lutou para aprovar projeto, segundo ele uma "aberração", para "botar os homossexuais como um grupo social acima dos outros". "O PT lutou para aprovar essa porcaria, que levou oito anos para ser enterrada", disse.

O líder evangélico ressaltou também que esteve presente, esse ano, na discussão sobre o conceito de entidade familiar e a importância do estatuto da família para a sociedade. "Eu estava lá pra discutir o estatuto da família. O PT lutou pra incluir homem com homem, mulher com mulher. Eu tava lá, eles lutaram pra incluir essa nojeira", disse.

Ele também saiu em defesa do projeto que instituía a cura gay e criticou o que ele chamou de "explosão" na Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados quando o pastor Marco Feliciano (PSC), também da Assembleia de Deus, presidia o colegiado. "Um pastor tava presidindo e eles fizeram de tudo pra explodir, como se eles tivessem o legado de defender direitos humanos. Como é que alguém que é a favor de aborto tem a audácia de achar que tem autoridade nos direitos humanos?", questiona.

Malafaia também diz que Fidel Castro, ex-presidente de Cuba, é "ídolo de Lula e Dilma" e o define como sendo contra a liberdade religiosa e alguém que "põe opositores na cadeia e mata".

Fonte: Brasil247
Share on Google Plus

About Eginoaldo Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Breaking News